terça-feira, 25 de agosto de 2009

Costa Nova - Aveiro


A Costa Nova situa-se na costa ocidental de Portugal, na linha de costa da ria de Aveiro.

Teve a sua origem na abertura da barra da ria no ano de 1808. A designação deve-se a dois factos. O primeiro, "Costa Nova", em oposição à "Costa Velha" (São Jacinto). Em segundo lugar deve-se ao facto de neste local, ter existido um enorme e verdejante prado.

O ex-libris desta zona são os "palheiros", ou seja, as casas pintadas com listas verticais intercaladas com cores vivas e alegres.

Localização GPS:
Latitude - 40°36'47.34"N
Longitude - 8°44'55.70"W

Ver Mapa

sábado, 22 de agosto de 2009

Castelo de Linhares da Beira


Este castelo localiza-se na vila e freguesia de Linhares da Beira, concelho de Celorico da Beira e distrito da Guarda.

Situado num cabeço rochoso num contraforte a noroeste da serra da Estrela, domina o vale do rio Mondego. O seu passado mergulha nas lendas, sendo considerado uma das fortificações medievais mais importantes da Beira Alta interior.

Um castelo nunca tem uma data única de construção, dadas as destruições e remodelações que ia sofrendo. Além do mais, entre os séculos XII e XIV, balizas cronológicas prováveis para o Castelo de Linhares, novos dispositivos militares foram sendo introduzidos e aplicados nas sucessivas reedificações. Da centúria de trezentos devem datar os balcões com matacães da Torre Menagem, novidade introduzida no reinado de D. Dinis, que permitia tiro vertical. O aspecto que o Castelo hoje oferece, está também longe da realidade medieval, faltando-lhe alguns elementos da sua própria funcionalidade: as ameias sobre a muralha, à semelhança do que existe no coroamento das torres; peças em madeira, como portas e escadas; ou os interiores das torres, reconstruídos no séc. XX.

Estando neste castelo não deixe de olhar para os céus e verá certamente a pratica de um desporto radical, chamado Parapente, não é de qualquer forma que chamam a Linhares "Capital do Parapente".

Localização GPS
Latitude - 40°32'28.26"N
Longitude - 7°27'41.51"W

Ver Mapa

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Ao Fotografo

A definição diz-nos que o fotógrafo é a pessoa que tira fotografia, usando uma câmera. É geralmente considerado um artista, pois faz do seu produto (a foto) com a mesma dedicação e da mesma forma que qualquer outro visual.

É aquele que quase nunca aparece ou se mostra, procurando olhares através dos click e dos relâmpagos de um flash. Nesta foto fui "atingido" por um click, à Bri, o meu agradecimento por este "olhar" .

Aproveitando a oportunidade, deixo ficar aqui um poema:

Fotografo minha vida, e dela faço um retalho de fotografias.
Junto todas as poses, todas as companhias,
Todas as praias, todos os lagos,
Junto os amigos, os colegas a familia,
as aves que ja fotografei,
os leões, os jabutis, sapos, largartos,
Flores, desenhos, sorrisos e beijos.
e faço toda a minha vida num imenso retalho de fotografias.
(Bruno Lopes Lima)

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Catedral das Beiras


Catedral das Beiras é a Igreja Matriz de São Gião, concelho de Oliveira do Hospital.

Esta Igreja Matriz foi construída em 1795, nos tempos de D. Maria I, tendo a fachada sido reconstruída no inicio do século XX devido à sua derrocada. O seu estilo é barroco, sendo o tecto composto por 102 paineis, atribuídos a Pascoal Parente, um italiano então a residir em Coimbra. Os retábulos ostentam talha dourada.


Coordenadas GPS:
Latitude - 40°20'12.42"N
Longitude - 7°47'58.47"W

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

São Gião

São Gião, é uma freguesia portuguesa do concelho de Oliveira do Hospital e do distrito de Coimbra, com 14,19 km² de área. Pertenceu ao concelho de Sandomil, até à sua extinção em 1846, após o qual passou a integrar o concelho de Seia e a partir de 13 de Janeiro de 1898, foi transferido para o concelho de Oliveira do Hospital.

Aproveitando os recursos naturais abundantes desta zona serrana, farta em bosques e pinhais, como em recursos hidricos (que levaram à construção de inúmeras fontes, e à prospecção de rios e ribeiros), possui uma parque de campismo e praias fluviais (Rio Alva) classificado com duas estrelas dispondo de hotel, apartamentos, campismo, restaurante, entre outros, bem com existem na freguesia habitações para turismo rural. É também possível visitar grutas naturais, como as grutas do Penedo da Moura.

Localização GPS:
Latitude - 40°20'12.36"N
Longitude - 7°47'58.38"W

sábado, 8 de agosto de 2009

Penedo da Saudade


O Penedo da Saudade, localiza-se em São Pedro do Moel, junto ao Farol com o mesmo nome.

Em 1463 D. Afonso V doou São Pedro de Moel ao conde de Vila Real. Esta avultada familia possuía um palácio em Leiria e várias casas próprias em São Pedro de Moel. Mantiveram-se nesta praia até 1641, altura em que foram executados o último Marquês de Vila Real e o seu filho, o último Duque de Caminha.

A Duquesa de Caminha, D. Juliana Máxima de Faro, filha benquista dos Condes de Faro, após enviuvar, chorava diariamente a morte de seu esposo num rochedo enorme e imponente desta praia, resultando daqui o seu nome, Penedo da Saudade.

Assim Nasceu a lenda do Penedo da Saudade, protagonizado pela Duquesa de Caminha (há quem afirme ainda que, ao ouvir nesse rochedo os murmúrios do mar, pode distinguir também, como em eco, as lamentações da jovem viúva....).

Coordenadas GPS:
Latitude - 39°45'50.89"N
Longitude - 9° 1'54.72"W

Ver Mapa

Farol do Penedo da Saudade


O Farol do Penedo da Saudade, localiza-se na estrada junto à costa, cerca de 800 metros a Norte de São Pedro de Moel, concelho da Marinha Grande e distrito de Leiria.

Trata-se de uma torre quadrangular de cantaria, com edifício anexo revestido a azulejos, tendo de altura 32 metros.

Localização GPS
Latitude - 39°45'50.46"N
Longitude - 9° 1'51.85"W